• Gabriel Rodrigues

Manutenção: as principais tendências

Cuidar e investir em manutenção é indispensável para alcançar bons resultados em todos os setores da empresa. No entanto, é necessário conhecimento para garantir um bom desempenho e se manter num cenário tão competitivo de mercado. Para garantir uma maior produtividade e sucesso no desempenho dos serviços prestados, novas tendências em manutenção têm surgido e agregado bastante valor para aqueles que desejam sair à frente dos concorrentes. Neste artigo, você conhecerá as maiores tendências em manutenção e saberá como implantá-las em seu negócio.


#1 Tipos de manutenção X Tendências em manutenção


Se você acompanha nosso blog, certamente já deve ter visto outros artigos relacionados aos tipos de manutenção mais frequentes e utilizados pelas empresas, tais como, a manutenção preventiva, preditiva e corretiva. Pois bem, o objetivo deste artigo, não é apenas abordar os tipos de manutenção que podem ser utilizados na sua empresa, mas também quais as principais tendências mundiais em manutenção e como elas podem ser aplicadas na sua empresa.


Segundo pesquisa da ABRAMAM (Agência Brasileira de Manutenção) de 2015, as manutenções mais realizadas no Brasil são as preventivas, ou seja, cada vez mais os brasileiros estão preocupados em conhecer e prevenir os possíveis danos ou falhas dos equipamentos. Isso significa mais preocupação com a causa, em oferecer um diagnóstico preciso sobre as possíveis falhas do equipamento.


O desenvolvimento das técnicas de monitoramento tem propiciado bons resultados ao Setor de Manutenções nos últimos anos e analisando alguns setores em específico, podemos perceber que ao aplicar o tipo correto de manutenção, a empresa tende a ganhar principalmente com a redução de custos, redução das falhas inesperadas, redução do tempo de reparo e indisponibilidade e redução do inventário de peças.


#2 As principais tendências em manutenção


2.1 Função Integrada


Cada vez mais as empresas se dão conta de que a manutenção preventiva não é o bastante e que o profissional do setor de manutenção não é aquele que conserta e sim aquele que elimina a necessidade de consertar. Por isso, é muito importante que a manutenção esteja ligada aos processos da empresa. Isso significa que a manutenção sai da tabela de custos e passa a ser abordada como investimento necessário para aumentar o retorno sobre o investimento (ROI). Portanto, toda a operação deve estar envolvida, tanto na execução das manutenções quanto no planejamento das operações diárias.


Nos últimos anos tivemos um aumento muito grande na busca de integração entre a tecnologia e a automação para otimizar os processos industriais. Através de análise sistêmica sobre os equipamentos é possível identificar ou não a necessidade de reparos sem a interferência humana, apenas com o uso de softwares de automação que possam indicar a necessidade de manutenção de determinado equipamento.


2.2 Gestão de performance de ativos


A gestão de ativos compreende um conjunto coordenado de atividades voltadas para extrair valor dos ativos da empresa. Isso inclui o balanceamento de custos, oportunidades e riscos frente à performance que se espera desses ativos para que sejam alcançados os objetivos da organização."


Realizar uma boa gestão dos ativos da empresa também é uma grande tendência em manutenção. Afinal de contas, é extremamente necessário conhecer os ativos para se obter uma visão completa sobre o negócio, entender como o equipamento funciona e como deverá funcionar em sua capacidade total.


2.3 Tecnologia Digital


A cada dia novas tendências vem surgindo, principalmente no meio digital. Com o setor de manutenção não é diferente, por isso, investir em novas tecnologias tem se tornado um dos principais investimentos para este setor. Os profissionais da área de manutenção podem realizar acompanhamentos, revisões, análises e integrações, tudo a partir de um software de automação.


Também é possível colher dados e informações sobre o equipamento, o tipo de manutenção e realizar avaliações em tempo real, o que ajuda a otimizar a vida de qualquer técnico de manutenção, além de auxiliar no processo de acompanhamentos e revisões periódicas.


2.4 Visão analítica


Com a chegada e implantação da indústria 4.0 no Brasil, o volume de dados tem aumentado de forma considerável nos últimos anos. Através de análises realizadas com BIG DATA e Business Intelligence, é possível produzir um grande volume de informações. São esses dados que ajudarão os negócios a tomarem as decisões futuras.


Com o uso da tecnologia, as decisões a partir de agora podem ser muito mais precisas e embasadas, oferecendo um risco mínimo de danos e falhas. Ou seja, a capacidade de visão analítica aumentou nos últimos anos e só tende a crescer cada vez mais oferecendo segurança e credibilidade para o processo de tomada de decisões.


O uso da tecnologia permitirá a troca de dados de maneira contínua e intensa. E a democratização do acesso a informação é a grande chave para o sucesso corporativo no presente e futuro.


2.5 Capacitação


Mesmo com a tecnologia em alta, o setor de manutenção carece do fator humano. Por isso, é indispensável garantir o melhor time para a equipe de manutenção, sempre. A capacitação individual é uma das maiores tendências em manutenção, pois é com o time certo que a sua empresa conseguirá alcançar os objetivos e resultados esperados para concluir todas as tarefas designadas.


Mesmo com a automação, é necessário treinar e capacitar a equipe de manutenção sempre que possível, visando aprender a lidar com novas tecnologias e a oferecer novas soluções para os clientes.


2.6 Sustentabilidade


Preocupar com a sustentabilidade é essencial e primordial para todo negócio. É necessário que o gestor entenda e aplique o tipo de manutenção ideal para a manutenção dos equipamentos e se atente às exigências de funcionamento de cada aparelho. Por isso, traçar estratégias que visem a sustentabilidade na manutenção tem se tornado um dos grandes objetivos dos negócios do futuro.


Também é necessário pensar no consumo energético, nas utilidades e funções do equipamento para que este possa entregar o máximo de desempenho com o mínimo de custo e tempo possível.


Preocupar-se com a sustentabilidade se tornou um bem intangível para as empresas do século XXI, pois além de evitar desperdícios garantem a máxima performance e uma exposição positiva perante os consumidores e o mercado externo.


#3 Os benefícios das tendências de manutenção para o futuro da prestação de serviço


Agora que você já sabe sobre as principais tendências de manutenção, precisa saber que ao aplicá-las os resultados serão inúmeros para o seu negócio. É necessário estar atento às novas ferramentas e possibilidades em tendências que o mercado vem trazendo nos últimos anos. Estabelecer os parâmetros para que as manutenções sejam realizadas com o objetivo único de trazer resultados positivos para sua empresa deve ser a principal preocupação de todo gestor.


Para não ficar de fora das tendências em manutenção é necessário se aprimorar, capacitar a equipe externa e acompanhar o desempenho dos técnicos de manutenção. Para isso, conte o Auvo. O nosso software oferece uma gestão eficiente para o setor de manutenção da sua empresa. Faça um teste grátis em nossa plataforma e saiba como podemos te ajudar a realizar o acompanhamento das manutenções realizadas de acordo com a necessidade de cada equipamento e cliente, tudo em tempo real do jeito que você merece e precisa.


Clique aqui e solicite uma demonstração!

Inscreva-se em nossa newsletter

Marca-auvo.png

Conheça o Auvo
auvo.com.br

instagram-auvo.png
youtube-auvo.png
linkedin-auvo.png
facebook-auvo.png