• Gabriel Rodrigues

Como posso implementar remuneração variável para minha equipe externa?

Já ouviu falar na remuneração variável? Ela pode te ajudar muito na gestão e motivação da equipe externa.

Em qualquer setor os gestores passam por um mesmo problema: conseguir contratar um funcionário bom, produtivo, responsável e que se encaixe nas regras da empresa. Após achar esse funcionário exemplo, é preciso manter ele na empresa, portanto ele precisa de motivos para ficar satisfeito.

Uma maneira eficiente de conseguir isso é com a remuneração variável. Sabe como funciona e quais as vantagens? Confira abaixo. QUAIS OS TIPOS DE REMUNERAÇÃO VARIÁVEL?

  • Prêmios e incentivos

  • Gratificações voluntárias (aquelas que não estão previstas por lei)

  • Participações acionárias

  • Participações nos lucros

Você pode estar se perguntando: mas isso não é apenas para empresas grandes? Não, empresas de qualquer porte, de qualquer tamanho de equipe pode trabalhar com essa remuneração para incentivar e reter funcionários.

Para pequenas empresas isso é até melhor, sabia? Pois com a remuneração variável o custo com o salário fixo é menor. Você pode propor um salário mais baixo na contratação, mas colocar benefícios e remunerações por desempenho, como uma forma de atrair a pessoa para a vaga.

A remuneração variável pode ser ligada:  ao desempenho profissional individual do empregado, de uma equipe de empregados ou da empresa em total. COMO CRIAR UM PROGRAMA DE REMUNERAÇÃO VARIÁVEL?

Primeiramente, antes de tudo, você precisa ter um indicador de desempenho. Como vai pagar uma bonificação para alguém da equipe ou para todo o time, sem saber dados concretos que comprovem o merecimento?


Você precisa ter algum modelo de avaliação de cada funcionário para saber quem está sendo o mais produtivo, mais competente e que está gerando mais lucro para a empresa.


Com o software de gestão de equipe externa, você terá tudo registrado e organizado para saber qual colaborador conseguiu fazer os serviços externos sem tempo ocioso, com mais qualidade, e com maior eficiência. Você consegue ter um controle de visitas. Com o software da AUVO, por exemplo, cada cliente pode avaliar o atendimento recebido, portanto você terá avaliações de cada funcionário e vai poder decidir quem merece receber bônus e premiações.


Tendo esse indicador, você precisa estabelecer uma meta e um prazo. Lembre-se: a meta precisa ser algo alcançável, nada impossível, mas também tem que gerar esforço por parte de seus colaboradores, tem que ser desafiante.

Para uma equipe comercial isso é mais comum e a meta fica mais fácil de ser elaborada pois se trata de valor em dinheiro: bateu a meta de X reais, ganha y% de bonificação.

Já para uma equipe que não pertence ao departamento de vendas e trabalha externamente, como os técnicos de instalação, por exemplo, seja de ar condicionado, ou sistemas de segurança, algo do tipo, você terá que avaliar melhor o que você quer medir: será a produtividade? A quantidade de clientes que o funcionário consegue atender por dia? Ou a média de atraso nas visitas? A satisfação dos clientes?

Por exemplo: cada funcionário que atingir 4 estrelas na média de avaliação dos clientes, ganha uma bonificação ao final do mês. Ou ainda, através dos relatórios que o software da Auvo disponibiliza, você pode medir o nível de produtividade de cada colaborador, ou da equipe e utilizar para criar uma meta.

O importante é que os objetivos do departamento, do grupo e de cada funcionário, estejam alinhados com o objetivo e metas estratégicas da empresa. Tenha uma reunião com sua equipe e deixe bem claro como funciona a meta, o que eles têm que fazer para alcançá-la e deixe isso documentado por e-mail também, para que não tenha problemas futuros de interpretação nem na hora de avaliar os resultados.

Outro fato que não deve ser esquecido é mostrar para seus colaboradores um painel de como está indo o processo. Se for uma meta a ser batida no final do mês... seria bom que eles tivessem acesso diário a isso, para saber se estão próximos de alcançar o objetivo ou se precisam se empenhar mais. Obs.: se for uma meta individual, onde vai haver um vencedor, ter o painel é bom para criar uma certa competitividade saudável com os colegas, do tipo: “meus colegas estão na minha frente, portanto preciso me empenhar mais”.

Ao adotar esse modelo de remuneração variável em sua empresa, você demostra para a equipe que acredita na capacidade de cada um deles de agregar valor ao negócio. Quando a empresa dá esse voto de confiança, os funcionários passam a ter mais inciativa, acreditam que podem superar as metas preestabelecidas e isso faz com que trabalhem melhor, visando os lucros da empresa! Você conquista aliados ao invés de funcionários insatisfeitos. Inscreva-se em nossa newsletter


Inscreva-se em nossa newsletter

Marca-auvo.png

Conheça o Auvo
auvo.com.br

instagram-auvo.png
youtube-auvo.png
linkedin-auvo.png
facebook-auvo.png